21/05

Eu acredito em doentes. E o Serra?

O importante é que a nossa eleição sobreviva.

19/05

Muito do que se chama “logotipo”, está mais para “tipo um logo”.

12/05

Sabadão Elesbão, é:

– Jair Oliveira, no Rival.
– Leblon, clone de João Donato.
– Letras e Expressões, Fernandinha Torres.
– Ônibus, pedinte tocando Acordeon.
– Casa Rosa, colegas Esdianos, lindas meninas.
– Encontrar um companheiro de Judô, quinze anos depois.
– Prosa e chorinho, no ambiente anexo ao do drum’n bass.
– Retorno às cinco e meia, sóbrio. Ufa.

O primeiro impresso, a gente nunca esquece:

Caixa de tipos esvaziada pela voracidade dos ilustres colegas de classe, restou improvisar um novo número de telefone. Quanto à amarração – literal – dos blocos de chumbo, o cadarço mostrou serviço.

Onze anos. Bons tempos. Ou não.

6/05

Ecoando o aviso colocado no site:

O volume de acessos está acima de qualquer projeção, traduzindo-se em um tráfego de 2 GB na data de lançamento, seguido por 1.5 GB no segundo dia. Trabalhamos desde então para reposicionar alguns links e desafogar a banda do site. Sabemos que o carregamento da página está lento, e que em alguns momentos há incidência de erros nos downloads, fruto, provavelmente, do grande volume de requisições. Pedimos a paciência de todos, até que a situação esteja normalizada.

5/05

4/05

Estamos, finalmente, no ar.

2/05

Confirmado o prognóstico, nosso site estréia antes de sábado. Um problema emerge, porém, da média megabaitica dos arquivos, à partir do presságio sobre a demanda inicial, cujo tráfego, uma vez alto, promete extrapolar as cotas de transmissão impostas pela Digiweb. Alguns links serão redirecionados nas primeiras semanas, para que não tomemos na banda.

1/05

No caderno de Economia d’O Globo:

Mais cerveja e menos fumo no país.

Cada um que interprete à sua maneira.

Intercalar-se-ia no verbo, Analice
Tivesse eu uma mesóclise
Para você pronominar.

Curiosa a arrumação das bugigangas pessoais. O mundaréu de celulose costura o neurônio, qual linha Círculo. Avesso aos cupins e traças, que meu Perfex perpassa, dou com os olhos em dezenas de documentos abarcando minha vida semi e profissional desde 91, com certa destreza até, um retrato relativamente completo que admito e admiro.

Periga encontrar uma foto dela, um registro distante que teima em derrubar meus olhos, outra vez.

« Pgina Anterior
 

Powered by WordPress