25/08

“Na sua idade” é algo cruel para se dizer e ouvir.

24/08

Paciência, a vida é um grande download.

Na cola da propaganda automotiva, os cremes dentais primam pelo surrealismo. É pior que demo de aparelho japonês…

No MSN:

– É cada um que a gente encontra nessa empresa…
– Bom, por aqui foi o Sidney Magal.
– Ganhou.

O discurso underground tende à defensiva quando ataca o óbvio e reforça os clichês que nem sempre se justificam. Na maioria dos casos, inclusive, seu autor é incapaz de assumir a própria responsabilidade no estado.

Xixi, cocô, meleca: é mais fácil dar chilique e posar de alternativo blasé.

23/08

O episódio com o Sérgio Vieira de Mello faz questão de lembrar a boçalidade à qual o planeta se agarra, e que já vem custando tanto.

Vergonha deste tele-encéfalo desenvolvido e do polegar opositor.

O benefício da dúvida pode ser a certeza da distância.

Ponto de vista é um ponto.

22/08

Estudar design é mais do que estudar design.

E quando o restaurante a quilo inova?

Rende bem.

– Você engordou?
– É o efeito “estufa”.

Das peculiaridades profissionais: O comissário, que no Brasil se equipara ao aeronauta; nos EUA deve filiar-se aos garçons.

Para o caso de gorjeta em moeda forte.

21/08

Os anos invertem o número de relações.

« Pgina Anterior Prxima Pgina »
 

Powered by WordPress