31/03

Voltar a estudar na PUC, é como separar a testosterona em uma centrífuga.

30/03

Quantos faltarão entender, afinal, que design não é moldura? De nada adianta uma bela ilustração, uma fonte bem escolhida e um acabamento digno, se tudo estiver solto, mal posicionado e preguiçoso. Muito do que se considera “bom” – original ou plágio – por aí, é assim.

Chega a soterrar até a incompetência.

Em um tapume do Museu Nacional de Belas Artes, consta, à mão:

Adote um artista, antes que ele vire designer.

29/03

28/03

No fundo, o sonho é ter um comércio de bairro. Um Sebo, um Café, talvez.

27/03

Concluída mais uma etapa do Bricabraque, esta obra-em-movimento. O Saideira junta-se aos pensamentos, às fotos e aos textos – estes um tanto abandonados, ainda – com dedicação exclusiva aos vídeos, preferencialmente pessoais, experimentais e tantos mais, ainda que não-necessariamente óbvios, como convém a um log.

Sendo – imagino – uma novidade, cerco-me de cuidados relativos ao tráfego, deixando disponíveis, em princípio, apenas os trinta últimos posts. O material anterior será acondicionado offline, aguardando um dia em que nossos megabytes não mais sejam relevantes para a saúde financeira.

Curtam.

No mínimo curioso, o cartão-quebra-galho aos quarenta do segundo tempo, que atravessa países e acaba circulando em mãos que conheço, no máximo, pelo cinema.

É a ironia do design.

26/03

São quase cinqüenta anos do Pavilhão de São Cristóvão, uma das primeiras estruturas mundiais com cobertura em parabolóide-hiperbólico. É mole?

É, desde que mantenham-no desfigurado, como é hoje.

25/03

‘cê não acha que o Mateus Nachtergale, quando faz papel de “perturbado”, fica muito parecido com o Gollum?

Começa, hoje, É tudo verdade, marcando a estréia d’A Pessoa é para o que nasce, do camarada Roberto Berliner.

Desconheço as alterações desde as prévias de “corte”, durante o ano passado, mas garanto, no mínimo, a possibilidade de uma nova e instigante sessão, como a própria estória, e, porque não, o próprio diretor.

Sucesso!

24/03

Não sou o cara mais sociável do mundo, mas sou sócio dele.

23/03

Anotação Mental: Evitar ao máximo tossir e – principalmente – espirrar, ao urinar.

Ou forrar o ambiente.

Seat filler é, no fundo, a vocação de oitenta por cento da humanidade.

Prxima Pgina »
 

Powered by WordPress