30/11

“Nós só queremos justiça”

É uma pena ter abandonado em 1999 a sugestão de marca para o Metrô, para encontrar agora, ainda que tosca, em uma página gringa.

29/11

É quando o desânimo some ao ver as pernas da moça na rua, que você percebe onde está o problema.

Confrarias, principalmente estudantis, parecem convenções de enrustidos.

28/11

Dois browsers com tabs em uma dezena de páginas; mais filmes – em arquivo e DVD –, competindo e alternando com a janela de chat e os avisos do Twitter.

O aprendizado contemporâneo é como o trânsito Indo-Asiático.

27/11

Mais café, via eBay.

Apreensão a um mês do Natal.

“Hoje é festa lá na minha DP…”

Como se diz? Jesus Crisis?

26/11

Diz que é expressão, que é artística e que precisa de reconhecimento. Não merece.

São raras as aparições da Monalisa Perrone, infelizmente para os morenófilos.

Inglês, Espanhol, Chinês. Só falta o Português.

25/11

O maior imóvel atingido pela crise do subprime é a Casa Branca.

Mallu Magalhães é o novo Jordy.

“Lá vem o Brasil descendo a ladeira” é premonitório.

24/11

Ainda no impulso da cafeína, a cápsula equivalente a uma dose de energético.

Prxima Pgina »
 

Powered by WordPress